• 1bannerSitePSDM19jun2018.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018

O Grupo Parlamentar do PSD requereu, na Assembleia Legislativa da Madeira, a constituição de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, a qual deve proceder a uma análise à política de gestão da companhia aérea pública nacional, TAP, em relação ao destino Madeira e aos madeirenses.

Em causa estão os sucessivos cancelamentos de voos na ligação entre a Madeira e o Continente, com os prejuízos que dai advém para os madeirenses, que veem afetado o seu direito à mobilidade, e para a economia regional.

"Não é admissível que uma empresa, em que o Governo da República continua a ser o principal acionista, não assegure, em nome do Estado, o serviço mínimo público para as Regiões, sendo mesmo escandaloso que o presidente executivo da TAP venha justificar, aquando de uma deslocação à Madeira, que em causa estão leis do mercado", é referido no requerimento apresentado.

O Grupo Parlamentar salienta que, "infelizmente, esta é uma situação que persiste através de uma prática reiterada e abusiva por parte de uma companhia aérea prestadora de serviço público, apesar dos vários alertas deixados pelo Governo Regional, no sentido de sensibilizar a TAP para o facto de, essa via aérea, ser a principal forma de entrar e sair da Madeira".