• bannerNewsPSD8dez.jpg
  • bannerSitePSDMconclusoes.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg

A ordem de encerramento do único balcão da Caixa Geral de Depósitos no Porto Moniz, suscita da parte da Comissão Política Concelhia do PSD, os seguintes comentários:

1. Lixo! É esta a avaliação que o Governo Socialista da República atribui ao concelho do Porto Moniz, curiosamente liderado também pelo socialista Emanuel Câmara;
2. Neste caso, não é o PSD nem o Governo da Região, mas sim António Costa que dá nota negativa à gestão socialista neste concelho, após a notícia de que a Caixa Geral de Depósitos, banco do estado, vai fechar o seu único balcão, situação única na Madeira;
3. Esta decisão apenas vem dar razão às nossas posições políticas ao longo do mandato de Emanuel Câmara, quando denunciávamos o esbanjamento desmedido em festas, convívios, passeios e publicidade e o desinvestimento e pouca importância atribuída aos sectores económicos mais importantes no concelho, nomeadamente agricultura e turismo;
4. Em três anos, a fraca gestão autárquica empobreceu o concelho com a subsídio dependência, não houve criação de emprego, não nenhum licenciamento com vista a investimento privado, os jovens e adultos continuam a emigrar e nascem cada vez menos crianças. Situação que terá certamente contribuído para esta decisão da CGD;
5. Mesmo com 4 Milhões de euros no banco, o executivo Camarário não foi capaz de dinamizar a economia local;
6. Não foi também capaz, sendo da mesma cor política, de negociar, no sentido de evitar este encerramento, faltando-lhe as faculdades, dentro do próprio partido socialista, para defender os interesses da população do Porto Moniz;
7. Esta é sem dúvida a prova de que este Concelho foi o único da Região que desceu economicamente, encontrando-se numa regressão social e económica nunca antes vista, com uma Câmara moribunda e de cofres cheios, que gasta 400 mil euros em festas, deixando o povo cada vez mais pobre e dependente do subsídio.

Porto Moniz, 22 de março de 2017
O Presidente da Concelhia do PSD/Porto Moniz
Nélio Rodrigues