• banner2018.jpg
  • bannerSItePSDMconselhoOut2017_5.jpg
  • bannerSItePSDMconselhoOut2017_1.jpg

Na edição de hoje do Diário de Notícias da Madeira, página 21, o Dr. Edgar Silva, líder ad aeternum dos comunistas locais, decidiu renascer, após um breve período de ausência, para tecer considerações pouco abonatórias sobre o Presidente do Governo Regional e sobre matéria que manifestamente desconhece.

Esta “estratégia normal” tem três objectivos principais:

1- Tentar fazer esquecer o desastre político que representou a sua recente candidatura presidencial e a recusa que os portugueses magnanimamente fizeram das suas ideias políticas.

2- Tentar fazer esquecer o falhanço da moção de censura apresentada pelo PCP, a semana passada, na Assembleia Legislativa da Madeira, cujo mentor foi precisamente o líder do PCP local.

3- Desviar as atenções da “geringonça”, essa sim uma “trapaça” eleitoral bem real, e das responsabilidades governativas que o PCP tem no seu funcionamento e no cumprimento das promessas políticas.

Quanto à situação do matadouro em si, aconselhamos o Dr. Edgar Silva a informar-se melhor e a ter mais cuidado com as afirmações que faz, sob pena de estar a promover ataques pessoais, e não políticos, uma estratégia que tanto diz abominar, mas que convenientemente adopta sempre que lhe dá jeito.

Ainda assim, o local escolhido pelo interveniente para ressuscitar, não ao terceiro dia, mas ao quinto mês, não deixa de estar revestido de uma profunda ironia.

O Secretário-Geral do PSD/Madeira
Rui Abreu