• banner2018.jpg
  • bannerSItePSDMconselhoOut2017_5.jpg
  • bannerSItePSDMconselhoOut2017_1.jpg
Autonomia Sempre defende uma administração pública mais próxima cidadãos

A candidatura do PSD Madeira à Assembleia da República acredita que é fundamental ter uma administração pública mais próxima dos cidadãos, mais simples e mais eficaz.
Este foi de resto o propósito da Loja do Cidadão da Madeira, um espaço criado em 2004 e que foi hoje visitado pelos candidatos social-democratas.
Contudo, para a cabeça de lista do PSD Madeira é ainda possível melhorar a aproximação dos serviços do Estado aos cidadãos, em particular junto das comunidades madeirenses. Como tal, Sara Madruga da Costa considera essencial a criação de espaços do cidadão nos postos consulares.


“É também necessário, a nível nacional, continuar a apostar na desmaterialização dos serviços do Estado, promovendo o acesso a documentos através da disponibilização dos mesmos na Internet, da centralização de informação em documentos, criando, por exemplo, uma caderneta predial única que integre toda a informação predial das finanças e da gestão do território”, disse.
A cabeça de lista do PSD Madeira salienta que há que encontrar mecanismos para evitar que os cidadãos tenham de comunicar mais do que uma vez determinados documentos à administração pública, sublinhando que a Loja do Cidadão da Madeira é um bom exemplo de simplificação, proximidade e qualidade dos serviços prestados à população.
A Loja do Cidadão da Madeira foi pioneira a nível nacional em várias áreas, como a integração do Centro de Formalidades de Empresas e a instalação de um posto avançado num centro comercial próximo, que permite a recolha de senhas e aguardar a vez com maior comodidade.
A candidatura do PSD salienta também a melhoria dos serviços no Porto Santo com a criação do posto de atendimento ao cidadão.