• bannerNewsPSD8dez.jpg
  • bannerSitePSDMconclusoes.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
São Roque

A cabeça de lista do PSD Madeira à Assembleia da República considera que é necessário apostar a nível nacional num programa para a requalificação das respostas sociais existentes e continuar com a dinamização de programas comunitários,

como o Programa Operacional de Inclusão Social e Emprego e o Fundo Europeu de Auxílio às Pessoas mais Carenciadas (FEAC), que destina cerca de 157 milhões de euros de ajuda a Portugal até 2020.Numa visita à feira de São Roque, que se traduz numa oportunidade para a venda de produtos e acréscimo dos rendimentos familiares, Sara Madruga da Costa sublinhou que uma das grandes dificuldades da população, que se verifica também nas zonas altas da cidade do Funchal, prende-se com os novos fenómenos de pobreza e de exclusão social.A candidata referiu que na Região beneficiam de apoio alimentar, nas suas diversas formas, cerca de quatro mil pessoas, tendo o Governo Regional da Madeira já atribuído este ano mais de 1,5 milhões de euros para a ajuda alimentar.Para a candidatura social-democrata é importante continuar com o apoio alimentar na Região, com vista a combater as desigualdades e ajudar quem mais precisa.