• banner2018.jpg
  • bannerSItePSDMconselhoOut2017_5.jpg
  • bannerSItePSDMconselhoOut2017_1.jpg

A deputada na Assembleia da República Sara Madruga da Costa participou esta segunda-feira numa conferência na semana das profissões levada a cabo pelo Colégio Infante D. Henrique na freguesia do Monte, concelho do Funchal.

Na referida conferência, destinada aos alunos do 9.º ano de escolaridade, a deputada social-democrata, explicou quais as funções e o papel de um deputado na Assembleia da República e aproveitou a oportunidade para incentivar os jovens a encontrarem a sua vocação e o seu papel na sociedade.

O “importante não é o tipo de profissão que escolham, já que todas as profissões são bem-vindas e necessárias à sociedade, mas que sejam bons profissionais e que sejam felizes nas tarefas que escolham despenhar”, referiu a deputada.

À margem da conferência, Sara Madruga da Costa aproveitou a visita ao Colégio Infante D. Henrique, escola católica dehoniana fundada no Funchal em 1957, para chamar a atenção para a importância das escolas do sistema do ensino privado e cooperativo em Portugal e para a necessidade das mesmas serem encaradas como um parceiro e não como um inimigo do ensino, como tem sido o entendimento ao nível da Região Autónoma da Madeira.

Estas declarações surgem no seguimento do corte do financiamento anunciado pelo Governo de António Costa, em cerca de 79 escolas do sistema do ensino privado e cooperativo e com o iminente despedimento dos professores e demais colaboradores dessas instituições privadas.
Sara Madruga da Costa referiu que o Ministro da Educação não pode brincar à educação e pôr em causa, o importante papel levado a cabo pelas instituições privadas no ensino no nosso país.