• 1bannerSitePSDM19jun2018.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018

Os deputados do PSD-M à Assembleia da República deram entrada de um projeto de resolução que solicita ao Governo da República a preservação urgente do arquivo histórico da RTP-Madeira.

De acordo com a deputada Sara Madruga da Costa, esta iniciativa legislativa surge no seguimento de uma pergunta regimental escrita efetuada ao Ministro com a tutela João Soares a solicitar medidas concretas por parte do Governo da República para a preservação urgente do referido arquivo, pergunta esta que não foi respondida de forma satisfatória.

Perante a falta de compromissos concretos para a resolução deste problema por parte do Ministro da Cultura e Comunicação Social e face ao investimento que já foi efectuado no arquivo da RTP em Lisboa e ao investimento que está prestes a ser efectuado no arquivo do Centro Regional da RTP Açores pelo Governo da República, não é admissível, aludiu a deputada Sara Madruga da Costa, que o arquivo da RTP-Madeira continue esquecido e sem qualquer promessa de investimento nos próximos tempos.

Para Sara Madruga da Costa, é imprescindível um investimento urgente do Governo da República para a preservação do arquivo do Centro Regional da RTP-Madeira, uma vez que o arquivo representa um dos mais importantes testemunhos da história política, cultural, social e económica da Região Autónoma da Madeira dos últimos quarenta e quatro anos. Dada a falta de investimento, digitalização e catalogação por parte do Governo da República, o arquivo da RTP-Madeira corre sério perigo de degradação iminente e irrecuperável da memória da nossa região.

Em termos de registo histórico político, o referido arquivo tem uma especial importância para a compreensão do surgimento da autonomia política na Região, no ano em que se comemoram os quarenta anos da Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira.

Para a deputada social-democrata é fundamental preservar a memória destes sons e imagens da Região Autónoma da Madeira e para tal é imprescindível iniciar a digitalização urgente do arquivo da RTP-Madeira através de um investimento do Governo da República.

"Os madeirenses e porto-santenses têm o direito de ver preservada a sua memória e a sua história através dos tempos, é também a nossa obrigação tudo fazer para preservar o legado da nossa história para as gerações vindouras", disse Sara Madruga da Costa.