• 1bannerSitePSDM19jun2018.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018

Sara Madruga da Costa considera que há ainda muito a fazer por parte do Ministério da Administração Interna na Madeira. Após uma reunião com a comandante da PSP na Região, a Superintendente Madalena Amaral, a deputada, eleita pelo PSD Madeira à Assembleia da República, constatou existirem ainda muitas dificuldades no comando da PSP, sobretudo em termos de esquadras, muitas das quais a precisar de "uma solução urgente em termos de obras e até de procura de um novo espaço".

Sara Madruga da Costa sublinhou que a situação do Porto Santo é a mais complicada, dado o espaço ser exíguo e faltarem condições para o trabalho diário dos agentes, assim como um quarto de detenção que proporcione as condições mínimas de higiene aos detidos.

Contudo, os problemas ao nível das instalações são também notórios nas esquadras da Ponta do Sol, Machico e Santa Cruz.

De acordo com a deputada, “é imprescindível um investimento da República nestas esquadras da Região”, destacando a urgência da construção de uma nova esquadra para o Porto Santo e de um edifício de raiz para servir as populações das freguesias do Caniço, Camacha e Santa Cruz.
Sara Madruga da Costa salientou ainda a importância de investir em agentes especializados para o acompanhamento do fenómeno da violência doméstica na Região.