• banner2018.jpg
  • bannerSItePSDMconselhoOut2017_5.jpg
  • bannerSItePSDMconselhoOut2017_1.jpg

A deputada do PSD eleita pelo círculo da Madeira Rubina Berardo recebeu hoje na Assembleia da República o representante da AOP – Associação Marítima Portuária, Carlos Caldas Simões. O objetivo desta reunião foi o de auscultar os operadores portuários quanto aos progressos nas negociações laborais com o Sindicato dos Estivadores.

A ótica dos impactos negativos que este conflito laboral tem no mercado madeirense e consequentemente para a população da Madeira foi uma peça central desta reunião.

Rubina Berardo considera fundamental ouvir todos os intervenientes neste diálogo social, lembrando que no passado dia 12 de janeiro os deputados do PSD-Madeira na Assembleia da República reuniram-se com o Sindicato em Lisboa. "Este diálogo aberto entre os parceiros sociais e representantes políticos tem que ser de natureza contínua com vista à sólida resolução do conflito", disse.

A deputada salientou que a matéria extremamente sensível da renegociação do Contrato Coletivo de Trabalho exige abertura de todos os lados do conflito, por forma a chegar a uma solução que garanta o restabelecimento das operações no Porto de Lisboa.

"Apesar do anúncio do acordo de paz social pelo Governo do PS, constata-se que na prática ainda não existem garantias do restabelecimento do normal funcionamento das operações no Porto de Lisboa, o que tem claras consequências para a Região Autónoma da Madeira", afirmou.

Para ilustrar a dificuldade do restabelecimento célere, o representante da AOP salientou que atualmente as operações portuárias em Lisboa estão a ser efetuadas recorrendo a somente 30% da mão-de-obra total.

Os deputados do PSD Madeira continuarão a acompanhar intensamente este dossier e as próprias negociações, com vista à normalização do abastecimento marítimo do mercado madeirense.