• 1bannerSitePSDM19jun2018.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018

O deputado Paulo Neves acusou hoje o presidente da TAP de falta de respeito pela Madeira e pelos madeirenses. Durante uma audição, na Assembleia da República, a Antonoaldo Neves, o deputado eleito pelo PSD/M afirmou que a TAP não tem respeitado a Madeira ao praticar preços de bilhetes "inaceitáveis", num verdadeiro desrespeito pelo cumprimento do Serviço Público e com a prestação de um "mau serviço"

Paulo Neves classificou também as declarações do presidente da TAP, em que referia as "módicas tarifas"que disse serem praticadas para a Madeira, de "infelizes" e de humor negro". Sobre a questão do estudo do vento, lamentou o atrevimento do presidente da TAP ao dizer que não irá respeitar as decisões do Regulador sobre esta matéria.

Numa segunda intervenção, o deputado lamentou que o Estado se tenha demitido há muito de mandar na TAP, uma vez que foi sublinhado pelo presidente da TAP que o Regulador (ANAC) não manda na Transportadora, que o valor dos preços dos bilhetes não tem limite e que a TAP não presta Serviço Público na Madeira.

Primeira Intervenção

Segunda intervenção