• 1bannerSitePSDM19jun2018.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018

"É fundamental consagrar, a nível nacional, um regime extraordinário de incentivos e apoios diretos à agricultura familiar", afirmou Sara Madruga da Costa, numa visita a Santana, concelho que é predominantemente agrícola.

A cabeça de lista da candidatura pelo círculo eleitoral da Madeira sublinhou que essas medidas devem ter em conta as especificidades regionais e a desoneração dos pequenos e médios agricultores das suas contribuições para com a Segurança Social.

"A agricultura familiar é muito importante para o desenvolvimento da Região Autónoma da Madeira", salientou a candidata, lembrando que a "Região tem especificidades próprias em termos de condições orográficas e de agricultura".

Sara Madruga da Costa refere que, "na Região, predominam as pequenas explorações familiares, os terrenos são de pequena dimensão e exigem muita mão de obra".

Além disso, recorda, o decréscimo de atividade noutros setores, como a construção civil, tem contribuído para um aumento da agricultura familiar na região, reforçando-se assim a necessidade de um maior apoio.

Por outro lado, a candidata do PSD salienta que a aposta na agricultura familiar irá "permitir também uma maior sustentabilidade ambiental e paisagística que é essencial para a economia local e para o nosso turismo".