• bannerNewsPSD21set3.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018

O deputado eleito pelo PSD-Madeira à Assembleia da República questionou e sugeriu ao Ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, para que se comprometa a adquirir todo o material técnico necessário para facilitar o controlo e aterragem dos aviões no aeroporto da Madeira. Paulo Neves falou em “constantes constrangimentos que podem ser diminuídos com apoio técnico”.

Outra questão levantada pelo deputado, na Comissão de Economia e perante o Ministro das Infraestruturas, teve a ver com os recentes cancelamentos e atrasos de dezenas de voos da TAP com destino à Madeira. Paulo Neves acusou o ministro Pedro Marques de ter “assobiado para o lado” quando afirmou que não tinha nada a ver com a questão. O deputado madeirense lembrou que o governo da República reverteu a privatização da TAP porque “queria mandar na companhia”. Paulo Neves lamentou que não tenha mandado quando dezenas de voos foram cancelados ou atrasados para ou da Madeira.

Já sobre o Subsídio de Mobilidade, o deputado social-democrata acusou o grupo de trabalho criado pelo governo da República de “estar paralisado” e exigiu uma solução rápida que melhore o que deve ser melhorado e que seja encontrada uma solução que “respeite o Principio da Continuidade Territorial pois é um Princípio Constitucional que não pode ser desrespeitado”, acrescentou Paulo Neves.

 Video