• bannerSitePSDM_CM.jpg
  • bannerNewsPSD21set3.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg

Paulo Neves, deputado eleito pelo PSD-Madeira à Assembleia da República, esteve presente na abertura do Seminário Diplomático que decorreu em Lisboa e que contou com a presença do Ministro dos Negócios Estrangeiros, embaixadores de Portugal, deputados da Comissão Parlamentar de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas e ainda vários secretários de Estado.

Este Seminário Diplomático tem por objetivo a apresentação da estratégia do Governo da República em matéria de política externa, para os próximos doze meses.

Para o deputado madeirense, o Governo da República tem que incluir e destacar a importância da Região Autónoma da Madeira na política externa portuguesa porque “a Madeira, como território atlântico, é uma das maiores provas e mais-valias que demonstram que Portugal é, de facto, um país euro-atlântico e central na triangulação entre as Américas (do Norte e Latina), a Europa e África”.

Paulo Neves destacou ainda “a enorme importância que o Registo Internacional de Navios da Madeira e o Centro Internacional de Negócios da Madeira têm numa estratégia nacional atlântica. Por isso o Governo da República deve valorizar e promover tanto o Registo de Navios como o Centro Internacional de Negócios”.

O deputado madeirense também defende que “o Governo da República, em total consonância com o Governo da Madeira, deve acompanhar e apoiar os portugueses que regressam à Madeira vindos da Venezuela”. “As Comunidades devem estar no centro da política externa portuguesa em especial aquelas que necessitam de maior atenção e apoios”, conclui Paulo Neves.