• bannerNewsPSD21set3.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018
Notícias
  Sábado, 28 Maio 2016

O Secretário-Geral do PSD Madeira disse rever nos Trabalhadores Social-Democratas (TSD) aquilo que se pretende para o partido: capacidade de mobilização, empenho nas causas comuns, debate construtivo de ideias, visão, trabalho e dedicação à Madeira.

Na sessão de abertura do Congresso dos TSD, Rui Abreu afirmou que juntos "somos todos mais fortes", cabendo ao PSD a capacidade de se renovar e de se adaptar, de se transformar e de ouvir as necessidades das pessoas e das organizações.

Neste Congresso dos TSD, que decorreu no Castanheiro Boutique Hotel, Gilberto Pita foi eleito novo secretário-coordenador dos Trabalhalhadores Social-Democratas (TSD) da Madeira, sucedendo no cargo a Brazão de Castro.

A nova direção,eleita por 57 votos em 59 votantes, tem ainda como presidente da mesa Jaime Freitas.

Brazão de Castro sublinhou que o Estado social é um bem fundamental para a dignidade e realização do bem comum, lembrando que a política tem de estar ao serviço da realização humana. Por seu lado, Gilberto Pita estabeleceu para esta nova etapa uma maior intervenção na área sindical e laboral, referindo as dificuldades impostas pelas medidas de austeridade sobre os portugueses.

Já o presidente do Partido, Miguel Albuquerque, a quem coube a sessão de encerramento, recordou também a importância do Estado social para  a manutenção da qualidade de vida das pessoas, adiantando que hoje o grande desafio é "como é que podemos aperfeiçoar, manter e garantir a sustentabilidade desse Estado Social".