• bannerNewsPSD21set3.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018
Notícias
  Sexta, 10 Agosto 2018

O Grupo Parlamentar do PSD considera que o silêncio do Governo da República sobre os cancelamentos dos voos da Binter entre a Madeira e o Porto Santo é "ensurdecedor".

"A companhia aérea, nos últimos quatro dias, fez um voo para o Porto Santo", afirmou o deputado Bernardo Caldeira, numa conferência de imprensa, realizada no aeroporto daquela ilha, salientando que esta é uma situação que prejudica em muito quem ali vive.

"Neste momento, temos crianças, idosos, pessoas sem medicação, retidas no aeroporto, sem conseguirem voltar para o Porto Santo", disse.

Bernardo Caldeira salienta que se trata de uma situação "estranha" e que causa "apreensão " ao PSD, sobretudo pelo "silêncio do Governo da República, a quem cabe a responsabilidade desta linha.

"Há silêncios ensurdecedores e este é um deles", afirmou o deputado, lamentando que não haja "qualquer reação por parte do Governo da República, uma vez que concessionou esta linha à Binter e até hoje não conhecemos desenvolvimentos e as pessoas estão lançadas à sua sorte, sem que seja feita qualquer chamada de atenção". 

Bernardo Caldeira recorda que o Governo da República está a pagar para que esta linha esteja operacional, pelo que o que se exige "é que faça o seu trabalho e obrigue a companhia a viajar para o Porto Santo".

O deputado salienta que está a ser feito um esforço para que estas pessoas possam regressar a casa, através do Lobo Marinho, já que, neste momento, não se sabe quando haverá voos.