• 1bannerSitePSDM19jun2018.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018
Notícias
  Quarta, 4 Julho 2018

O PSD/Madeira realizou hoje mais um ‘Compromisso Madeira’, desta vez na Ponta do Sol, com o objetivo de ouvir as forças vivas do concelho e a população em geral, com vista à preparação do próximo programa de Governo, mas também para fazer um balanço relativamente aos compromissos assumidos para o atual mandato.

E porque se fala de compromissos, o presidente do PSD/M começou por garantir que também no concelho da Ponta do Sol serão integralmente cumpridos.

Entre eles, adiantou, já foram realizados a nova unidade de processamento de banana, num investimento superior a 6 milhões e 800 mil euros, os apoios aos agricultores e a todo o setor primário, a variante à Madalena do Mar e a consolidação e arranjo de um conjunto de infraestruturas de acessibilidade, estando ainda outras obras em concretização, mas cuja conclusão será antes do final do mandato.

Questionado pelos jornalistas sobre as declarações do Ministro do Planeamento Infraestruturas de que a Região só terá executado 900 mil dos 30 milhões prometidos para a ajuda aos incêndios, Miguel Albuquerque afirmou que o governante deve “estar a brincar” com os madeirenses. “Se ele não manda o dinheiro como é que eles querem que a gente execute?”, disse.

Ainda assim, lembrou que, no âmbito das verbas POSEUR, a Madeira já abriu concursos e tem parte das obras em execução.

Sobre a TAP, Miguel Albuquerque disse esperar que os governantes nacionais “acabem a festa” do Rock in Rio para começarem “a governar e a tomar medidas, no sentido de salvaguardar os interesses da Madeira”.