• 1bannerSitePSDM19jun2018.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018
Notícias
  Quinta, 28 Junho 2018

O PSD congratulou-se com a atribuição pela Câmara Municipal do Funchal (CMF) de bolsas de estudos aos alunos do ensino superior residentes no Concelho.

A vereação social-democrata não deixou de notar que o apoio agora aprovado com os votos favoráveis do PSD em Reunião de Câmara, é “muito menor do que aquele que foi prometido” por Paulo Cafôfo durante a campanha eleitoral de 2017.

“A promessa que Paulo Cafôfo fez, de que iria pagar o valor total das propinas aos alunos do concelho do Funchal, não se verificou”, disse a vereadora social-democrata, Joana Silva, aos jornalistas, acrescentando que além do valor ser substancialmente menor do que o anunciado, só será aplicado no próximo ano letivo.

Lembrando que a atribuição de bolsas de estudo constava do programa eleitoral do PSD, Joana Silva sublinhou que o Partido quer uma juventude “preparada e capacitada” para enfrentar os desafios do mercado de trabalho.

Para isso é preciso que tenha condições para continuar os estudos a nível superior, e aí a Câmara Municipal tem um papel importante a desempenhar.

“Sabemos a sobrecarga que isso [estudos universitários] representa nos orçamentos familiares, pelo que achamos importante que a Autarquia contribua de forma a diminuir os encargos que as famílias têm com o acesso ao ensino superior.”

Rubina Leal por seu turno lamentou a ausência do presidente da Autarquia na Reunião de Câmara Pública, onde estiveram presentes 21 pessoas que querem ver os seus problemas resolvidos. “Mais uma vez o senhor presidente de Câmara não esteve presente numa reunião pública para ouvir os munícipes e ajudar nas soluções das suas dificuldades.”