• bannerNewsPSD21set3.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018
Notícias
  Segunda, 11 Junho 2018

A Região tem uma “enorme dívida de gratidão” para com os autarcas eleitos pelo PSD nas últimas décadas, que têm sido percursores decisivos no desenvolvimento socioeconómico dos seus concelhos e das suas freguesias.

A opinião de Rui Abreu, Secretário-Geral do PSD/Madeira, foi proferida a menos de uma semana da realização do VI Congresso da Associação Regional dos Autarcas Social-Democratas (ARASD), onde serão eleitos os novos órgãos regionais desta estrutura.

“Graças ao trabalho e dedicação dos nossos autarcas é visível o desenvolvimento social, económico, cultural e ambiental que proporcionaram nos seus concelhos e freguesias”, disse Rui Abreu, sublinhando que este trabalho está à vista de todos.

 “Não há concelho ou freguesia na Madeira e no Porto Santo que não tenha a marca indelével dos nossos eleitos, das nossas políticas, da nossa visão”, referiu, dizendo que os autarcas Social-democratas são “baluartes decisivos” na obra social-democrata projetada na Região, ao longo da Autonomia.

No próximo dia 16 de junho, às 9h00, no Casino Park (2º piso) realiza-se o VI Congresso da ARASD um momento, segundo Rui Abreu, de “excelência para a eleição dos novos órgãos regionais e para a redefinição de estratégias para os próximos anos”.

É por isso que o Secretário-geral dos Social-democratas madeirenses conta com todos. “Queremos que o nosso Partido continue a liderar os destinos da Região, quer seja no Governo, quer seja nas Autarquias, neste momento de afirmação da Autonomia, da Social-Democracia e os dos Autarcas Social-Democratas”.