• 1bannerSitePSDM19jun2018.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018
Notícias
  Domingo, 20 Maio 2018

O Secretário-Geral do PSD afirmou hoje que "o pseudo presidente do PS/Madeira veio  acusar o PSD de ter medo de eleições", salientando que "o PSD não só não tem medo de eleições como sempre se submeteu aos diversos atos eleitorais, somando no seu historial vitórias sem necessitar de recorrer a esquemas nem a ‘show off’ político".

Rui Abreu considera que "se há partido que é perito em malabarismos, esse partido é o PS". "Senão vejamos o que aconteceu nas últimas eleições internas, em que foi precisa uma bengala exterior para colocar Emanuel Câmara na liderança", disse.

O Secretário-Geral social-democratas acrescenta que "nesta encenação, não faltou o Presidente da Câmara do Funchal, que também subiu ao planalto do Paul da Serra para vestir a pele de outros, esquecendo-se de que foi eleito para gerir uma cidade, a qual há muito abandonou sem qualquer vergonha e à qual só se desloca para receber o ordenado".
4.

Mais curioso, afirma, "é que esse mesmo presidente de Câmara venha agora defender o gado ordenado na serra, que sempre foi defendido e posto em prática pelo PSD. É que quando se reclama o pastoreio ordenado e planeado, esquece-se, propositadamente, de dizer que essa é já uma realidade colocada em prática pelo Executivo Regional".

Assim, Rui Abreu sugere que, "em vez de aproveitar todas as oportunidades para aparecer e falar do que não sabe, o presidente da Câmara do Funchal deveria olhar e cuidar daqueles que o elegeram e de uma cidade onde a falta de planeamento e desnorte na gestão é gritante".

Alerta ainda "para a falta de sentido das promessas que são feitas por quem nem é sequer candidato a presidente do governo regional", sublinhando que "de marionetas andam os madeirenses fartos".