• 1bannerSitePSDM19jun2018.jpg
  • 35227974_10216705850468501_2142540222246682624_n.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018
Notícias
  Quinta, 17 Maio 2018

Rubina Leal afirmou hoje que 70 por cento do orçamento da cultura para 2018 é destinado à valorização do património, à sua recuperação, conservação e restauro.

Numa visita ao Museu de Fotografia Vicentes, no âmbito das Jornadas Temáticas do Grupo Parlamentar do PSD sobre 'Património Cultural', que decorrem até sábado, a deputada sublinhou que esta infraestrutura, que se encontra a ser recuperada, é "um bom exemplo do que é a aposta na valorização do património e, sobretudo, na reabilitação urbana.

Trata-se de um edifício que, segundo Rubina Leal, será "devolvido" à população e onde todo o seu espólio poderá ser visitado por todos aqueles que assim o desejarem.

"Temos de facto uma grande aposta deste governo na Cultura, onde cerca de 70% do orçamento vai precisamente para a valorização do património, para sua conservação e para o seu restauro e isso é muito importante quando nós temos um vasto património, mas temos, sobretudo de valorizá-lo e de conservá-lo".

Rubina Leal lembrou que além desta intervenção no Museu Vicentes, foram já realizadas, neste mandato, obras no Museu Frederico de Freitas, estando para breve o Museu das Cruzes e o Lar do Estudante, sendo todos eles bons exemplos "da forma como o Governo trata a cultura" e como "valoriza o nosso património e reabilita a nossa cidade".