• bannerSitePSDM19abr2018.jpg
  • bannerSitePSDM23mar2018rui.jpg
  • bannerSitePSDM19mar2018.jpg
  • topofaceCompromissoMadeira2018
Notícias
  Quinta, 1 Fevereiro 2018

Os Vereadores do PSD na Câmara Municipal do Funchal (CMF) foram surpreendidos hoje com um novo empréstimo que a Autarquia irá contrair junto à banca, no valor de 19 milhões de Euros.

Um dia depois da Assembleia Municipal ter aprovado o Orçamento, que incluiu um empréstimo bancário de três milhões de euros, o executivo municipal levou à Reunião de Câmara uma proposta para ir de novo banca.

“Trata-se de um novo financiamento no valor de cerca de 19 milhões de Euros, que corresponde a 40% da dívida da Autarquia e que terá certamente impacto no orçamento”, sublinhou o Vereador social-democrata, Jorge Vale Fernandes, considerando que este ato demonstra não só um desrespeito para com a Assembleia Municipal como também uma dualidade de critérios por parte do executivo da Câmara do Funchal.

“Acaba por ser um desrespeito para com a Assembleia Municipal, passarmos um dia inteiro, como o de ontem a discutir em detalhe todas as opções inscritas no orçamento – receitas e despesas – para no dia seguinte temos uma alteração desta magnitude.”

Jorge Vale Fernandes notou uma mudança de postura da CMF face ao endividamento. “A dívida era um monstro, era algo que tinha que ser evitado a todo o custo. Mas de repente temos um financiamento de 3 milhões, e agora outro financiamento de 19 milhões”, referiu, dizendo que a dualidade é extensível a outras áreas, nomeadamente no que respeita às propinas.